Eduardo de Melo dos Santos

Curso : Letras - Português/Inglês

Não só na EaD, mas sim em uma vida melhor.

Minha história começa em 2014, com o falecimento do meu pai. Ele estava voltando para casa após um dia de trabalho, quando sofreu um infarto, deixando esse mundo na esquina de casa, cerca de 6 metros do portão. Eu estava no ensino médio e já havia traçado minha estratégia para frequentar uma faculdade, havia calculado todos os gastos que teria com gasolina e van. Nessa época, já era indispensável que eu trabalhasse para ajudar no sustento de casa, já que minha mãe não possuía condições de estar empregada por cuidar da minha avó. Lembro como se fosse hoje, pois todos meus sonhos desabaram. Como meu pai era o provedor da casa, este papel agora pertencia a mim e meu irmão. Eu vi todo meu sonho acadêmico desmoronar, pois já não havia esperança de cursar a tão sonhada graduação em uma instituição pública de minha cidade, Apucarana - PR. Por conta desses acontecimentos, tive de transferir o colégio para o período noturno e trabalhar o dia todo para sustentar a casa. Foram épocas difíceis, pois além das responsabilidades impostas, o sonho de cursar uma faculdade ia se distanciando dia a dia. Então, em um dia de sábado, uma tutora do polo de minha cidade passou na loja onde eu trabalhava e me apresentou o mundo EAD e todas as possibilidades que este me traria, pois eu teria tempo e condições para cursar minha licenciatura em português. Assim que acabou o ensino médio, me matriculei sem pensar muito. Ao termino do primeiro ano, fui mandado embora do serviço, pois as vendas já não iam tão bem. E a rocha que outrora havia construído na Unicesumar começou a desmoronar, pois não havia mais esperança para pagar as parcelas da faculdade. Elas começaram a acumular, e acordos parcelados eram inúteis, pois não havia como pagar sequer um real. Até que minha matrícula trancou-se pela primeira vez. Comecei a trabalhar em restaurantes e salões de festas em finais de semana. Conseguia o dinheiro das parcelas com muito suor, não poderia parar o curso, mas essa fonte também secou. Estava decidido, ia trancar o curso e voltar quando houvesse a chance. Foi quando minha mãe, assalariada de salário mínimo, arcou durante 3 meses minha faculdade, tirando o dinheiro de contas fixas, resultando até em cortes da internet, água e luz. Por isso, comecei a frequentar o polo com mais frequência, pois não tinha internet e nem luz por alguns dias. Então, um dia, eu vim fazer a prova de segunda chamada no polo, quando vi a coordenadora do polo conversando com alguns alunos que iriam se formar em pouco tempo. Ela falava com tanta convicção e clareza sobre a Unicesumar que me fez criar uma certa paixão instantânea pela Instituição. Esperei ela terminar a conversa e fui timidamente perguntar quais as possibilidades e como faria para me candidatar à uma vaga no polo para trabalhar com qualquer coisa. Ela me disse para que enviasse um currículo no e-mail dela e me deu certas informações sobre uma possível vaga. Passou cerca de uma semana quando fiz a redação e também a entrevista com a psicóloga. E adivinhem? Cá estou eu, contratado pela Unicesumar, como tutor de polo, estudando com desconto de funcionário. Até minha mãe cursa Pedagogia! Uso meus horários de almoço para realizar as atividades e concilio meu tempo para realizar as provas! A Unicesumar não apenas me deu uma qualificação profissional no meu curso dos sonhos, mas me deu a oportunidade de trabalhar na empresa, local que eu tanto amo e aprendo a amar mais e mais!

+12

• • Conte sua história • •

Preencha os campos abaixo para contar ao mundo como sua vida foi transformada pela educação. As histórias contadas serão divulgadas neste site e poderão ser compartilhadas nas redes sociais e no jornal do aluno da educação a distância da Unicesumar.

Envie sua foto (300x300)

• • O mundo do meu jeito • •

Já parou pra pensar que, no mundo inteiro, não existe ninguém igual a você? Tem pessoas que se parecem, que compartilham os mesmos gostos, mas cada ser humano é único. Cada um tem sua história, seus sonhos, sua trajetória... Sim, somos únicos, mas não queremos estar sozinhos, porque é nos conectando que fazemos do nosso universo um lugar muito mais rico, é conhecendo o jeito do outro que a gente entende mais o nosso próprio jeito. Por isso, convidamos você a compartilhar um pouco da sua experiência, nos contando como a educação transformou o seu mundo.

• • Pessoas transformadas • •

Conheça outras histórias e inspire-se!

113.769

Alunos formados

Mude sua história aqui!