Eder Aristides do Nascimento

Curso : ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

Nunca é tarde para evoluir

Olá amigos da Unicesumar! Quero contar a vocês minha história de vida. Aos 13 anos de idade comecei a trabalhar, pois meu pai ficou doente na época e foi então que comecei minha trajetória profissional. Comecei vendendo doces, meu tio fabricava doces de coco e eu fazia parte da equipe de vendas dele, todos os demais integrantes eram pessoas mais velhas e somente eu de menino ali no meio deles. Sempre fui apaixonado por computadores! Em 1998, com 15 anos de idade, consegui comprar meu primeiro computador parcelado. Foi quando comecei a me interessar por criação de sites e até cheguei fazer alguns sites para ver como funcionava, usei tutoriais na internet para aprender a fazer, já naquela época. Aos 17 anos de idade comecei a trabalhar com um vizinho, como auxiliar de pintor. Um dia, após terminar meu trabalho, olhei pela janela da casa onde estava pintando e avistei uma escola de informática. Fiquei muito interessado em fazer um curso ali, afinal já gostava de computadores, porém na época eu estava sem computador na minha casa, aquele que havia comprado tinha quebrado e não tinha condições de comprar outro. Mesmo assim, me matriculei no curso. Durante as aulas eu anotava tudo, até o que o professor falava. Chegando em casa, após cada aula eu refazia tudo, mas de forma mais elegante, com os textos mais organizados e bonitos, era praticamente uma segunda aula, mas dessa vez só comigo e com minhas anotações. Com isso, consegui aprender muito, principalmente sobre programação, que eu mais gostava. Mesmo sem computador elaborava exercícios por conta própria e os resolvia, como se estivesse fazendo no computador. Incrível como a falta de equipamento nos torna capazes de usar a criatividade a nosso favor. Quando completei 18 anos, estava terminando o curso. Um dia eu estava pintando uma casa, quando de repente chegou meu chefe com uma outra pessoa, provavelmente o dono da casa. Meu chefe me apresentou o senhor e disse que ele era o dono da escola onde eu estava fazendo o curso. Lavei minhas mãos de tinta e cumprimentei-o, ele foi simpático comigo. Me perguntou qual curso eu estava fazendo e após responder, ele me disse que quando eu concluísse o curso era para procurá-lo, pois ele gostaria de contratar estagiários na escola e poderia ser uma oportunidade para mim. Fiquei muito feliz. Porém, o tempo passou e as pinturas já não eram tantas, meu chefe teve que me dispensar por falta de trabalho. Comecei a trabalhar em uma loja de roupas e calçados, voltando a trabalhar com vendas após ter vendido doces com meu tio, e estava me dando super bem, tinha sido campeão de vendas por dois meses consecutivos e ganhava um salário razoável. Foi quando o diretor da escola de informática me procurou, eu ainda não tinha nem terminado o curso de programação, mas aceitei uma proposta de estágio na escola, para ganhar menos da metade do que eu ganhava na loja, tudo em busca de um sonho e de uma profissão. No dia da prova final da minha turma, entrei na sala de aula com um jaleco de professor, acompanhando o professor oficial da turma. Meus amigos de classe ficaram muito felizes, pois eu tinha comentado com alguns que era meu sonho era dar aula. O tempo passou e, depois de 3 anos dando aula, eu já estava começando a trabalhar com programação em uma empresa de administração de shopping center, como programador júnior. Mais 3 anos se passaram e eu entrei em outra empresa, dessa vez uma agência de marketing, como programador pleno. Nessa mesma empresa fiquei por 7 anos e 8 meses, me tornei programador sênior, coordenador de projetos e saí a cerca de 9 meses de lá, como gerente de projetos no meu último cargo. Nesse tempo todo fiz muitos cursos on-line e presencias, sempre gostei muito de estudar e isso tem me ajudado a aprender muita coisa. Em 2014, resolvi fazer um curso de graduação, já com uma carreira estabelecida na área de programação e com o intuito de aperfeiçoar ainda mais meu conhecimento. Foi aí que conheci a Unicesumar. Estou adorando a metodologia do curso e a flexibilidade para estudar no horário em que posso. Isso tem sido um ótimo diferencial e vem me ajudando demais! Minha meta é concluir a graduação no primeiro semestre de 2017 e então iniciar um curso de pós-graduação. Gostaria de ter a oportunidade de cursar uma graduação antes, mas a vida não me deu muitas opções, aprendi na prática e as coisas foram acontecendo, mesmo assim eu reconheço que a graduação está fazendo minha vida muito melhor, estou me realizando. Essa é minha história, obrigado Unicesumar!

+16

• • Conte sua história • •

Preencha os campos abaixo para contar ao mundo como sua vida foi transformada pela educação. As histórias contadas serão divulgadas neste site e poderão ser compartilhadas nas redes sociais e no jornal do aluno da educação a distância da Unicesumar.

Envie sua foto (300x300)

• • O mundo do meu jeito • •

Já parou pra pensar que, no mundo inteiro, não existe ninguém igual a você? Tem pessoas que se parecem, que compartilham os mesmos gostos, mas cada ser humano é único. Cada um tem sua história, seus sonhos, sua trajetória... Sim, somos únicos, mas não queremos estar sozinhos, porque é nos conectando que fazemos do nosso universo um lugar muito mais rico, é conhecendo o jeito do outro que a gente entende mais o nosso próprio jeito. Por isso, convidamos você a compartilhar um pouco da sua experiência, nos contando como a educação transformou o seu mundo.

113.769

Alunos formados

Mude sua história aqui!